Salva

Salva

Origem: Inglaterra. 
Prata. 
Século XX. 
Comprimento dos lados: 295 mm. 
MM.06661

Durante a Segunda Guerra Mundial, Portugal não alinhou por nenhum dos blocos em conflito. No entanto, o país não poderia ficar totalmente alheio de um confronto de cariz planetário. Muitos dos combates no mar ocorreram em águas portuguesas e os navios nacionais salvaram inúmeros náufragos. Um dos navios que teve uma participação bastante ativa nessas missões de salvamento foi o contratorpedeiro Lima, comandado pelo então Capitão-tenente Sarmento Rodrigues.

Esta salva foi oferecida pela Blue Star Line Limited, de Londres, pela ação do Lima no salvamento de náufragos do paquete Avila Star. Este foi torpedeado pelo submarino alemão U-201, em 5 de junho de 1942. Mais de um mês depois, na noite de 7 para 8 de julho, o Lima, em trânsito de Lisboa para Ponta Delgada, encontrou três dos cinco salva-vidas. Recolheu 110 náufragos e iniciou a busca dos outros dois salva-vidas. Não os encontrando e estando com o combustível a escassear, passou a informação de que existiam mais náufragos. Os mesmos foram encontrados por aviões portugueses e recolhidos pelo aviso Pedro Nunes.