Fuzileiros: 400 anos

NA PAZ E NA GUERRA. NO MAR E EM TERRA.

O Corpo de Fuzileiros da Marinha Portuguesa é o legítimo herdeiro da primeira força militar com carácter permanente que surgiu em Portugal há precisamente 400 anos, especialmente vocacionada para combater no mar e em terra: o Terço da Armada da Coroa de Portugal. 

As raízes históricas desta força de infantaria encontram-se nas diversas ações das forças militares portuguesas entre os séculos XII e XVII. Nos séculos XII-XIII, na tomada dos principais centros populacionais fez-se a partir do mar, com destaque para a conquista de Lisboa em 1147.  

Na conquista de Ceuta pelos portugueses a 21 de agosto de 1415 e nas duas primeiras décadas do Século XVI, nos mares do Oriente, através dos desembarques nos principais rios e centros costeiros, com a vantagem de escolher “onde” e “quando” atacar. 

Remonta ao ano de 1585 a criação de equipas de infantaria para treino de guarnições das naus da Índia, no manejo de artilharia e fuzilaria.  

A palavra fuzil surge com a criação das armas de fogo de pedreneira, denominadas de “fuzil”, que vem do latim focilis: “pedra que faz fogo”.  

O termo «Fuzileiro» passou, pois, a designar o soldado armado de fuzil - uma arma de fogo portátil de cano longo. 


De 8 a 10 de abril, os Fuzileiros vão estar na Praça do Império, em Belém.
Além da exposição interativa com visita guiada, temos à tua espera: torre de escalada, tenda de airsoft, armamento, equipamento, viaturas clássicas e muito mais!
Estamos à sua espera! CONSULTE O PROGRAMA


LOCAIS DE VENDAS
Bilhetes à venda na bilheteira do Museu de Marinha e na bilheteira on-line.

HORÁRIO DA EXPOSIÇÃO
Todos os dias, das 10h00 às 17h00 (01OUT-30ABR)
Todos os dias, das 10h00 às 18h00 (01MAI-30SET)
A última entrada verifica-se 30 minutos antes da hora de encerramento.

Encerrado:
1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio e 25 de dezembro


siga-nos nas redes sociais