Sala dos Tubarões

Continuando a evocar o ambiente do início do século XX criado no Salão Nobre, e mantendo a estética do mobiliário dos anos 30, a Sala dos Tubarões apresenta os exemplares mais raros da Coleção do Rei deste fantástico grupo de animais.

A obra do Rei D. Carlos sobre esqualos – cações e tubarões – foi o primeiro estudo publicado que planeou e realizou para dar resposta a questões de gestão e conservação dos recursos pesqueiros que já se colocavam naquela época, reconhecendo a importância da realização de estudos científicos para a atividade da pesca.

Esta sala divulga alguns aspectos curiosos da biologia dos tubarões, apresentando exemplares de espécies abissais pouco comuns ou raras, que não é possível observar no seu ambiente natural a grande profundidade, relembrando o papel dos museus de história natural no contacto com formas de vida que habitam ambientes inóspitos.